Decreto de Alteração dos Itinerários das Linhas do STPL na Área de Planejamento - 4

 
Para preservar o equilíbrio econômico financeiro dos contratos do STPL, tendo em vista  os levantamentos de demanda.
 

Sindvans-Rio fecha parceria para disponibilizar back light aos motoristas

Vans devem instalar dispositivo eletrônico até fevereiro de 2014

O Sindvans-Rio firmou parceria com a empresa especializada em vans e caminhões Glass Midia e a oficina Só Buzinas para disponibilizar aos motoristas os back lights – painéis eletrônicos exigidos pela Prefeitura.

O presidente do Sindicato, Adílson Honório, foi o primeiro a instalar o back light exigido pela Prefeitura.

O dispositivo é fabricado de acordo com as exigências do município. O Back Light da Glass Midia é o mais leve do mercado e pode ser disponibilizado em duas cores de letras diferentes: branca e amarela.

Sérgio Mauro Lipus, representante da empresa Glass Midia, de Caxias do Sul, especializada em back light eletrônicos, explica a parceria com a loja Só Buzinas e com o Sindvans-Rio:

Leia mais:Sindvans-Rio fecha parceria para disponibilizar back light aos motoristas

O SINDVANS-RIO CONVOCA TODOS OS OPERADORES DO TEC

CONVOCATÓRIA

O SINDVANS-RIO CONVOCA TODOS OS
OPERADORES DO TEC, PARA ORIENTAÇÃO DO
EDITAL DE CONCORRÊNCIA PÚBLICA 
Nº CO 001/2013, DA SMTR - STPL.
 
DATA DA ENTREGA DOS ENVELOPES 14 DE JANEIRO DE 2013

Prefeitura inicia legalização dos cabritinhos do Complexo do Alemão

Diretor do Sindvans-Rio, Valter dos Cabritinhos, é homenageado

            A prefeitura do Rio de Janeiro iniciou a regularização do Serviço de Transporte Local Comunitário (STPC), conhecido como 'cabritinho'. Na noite de 25 de outubro, o secretário municipal de Transportes, Carlos Osório, apresentou o processo de regulamentação da categoria na quadra do Complexo do Alemão, com a presença dos vereadores Laura Carneiro e Jorginho da SOS, além de dezenas de moradores e representantes do Sindvans-Rio e da Prefeitura.

O secretário municipal de Transportes, Carlos Roberto Osório, elogiou a iniciativa do diretor  do Sindvans-Rio, Walter do Cabritinho, reconhecendo-o como uma instituição do cabritinho do Rio de Janeiro.

“É um momento histórico do Rio de Janeiro, reconhecendo o seu mais antigo modal da cidade como formal. Estamos fazendo história e justiça a um modal de transporte importante para a cidade, que hoje entra na formalidade”,  disse.

 O secretário disse que Primeiro, completar o processo no Complexo do Alemão, antes de implantar o processo em outras comunidades.

Leia mais:Prefeitura inicia legalização dos cabritinhos do Complexo do Alemão